Praia da Lagoinha

A Praia da Lagoinha está localizada a 30 km de Caraguatatuba e a 20 km do centro de Ubatuba e o acesso é muito fácil, pois ela fica ao lado da Rodovia Rio Santos. A praia tem aproximadamente 3 Km de extensão, e junto com as Praias do Sapê e da Maranduba formam a maior faixa contínua de praia de Ubatuba, totalizando 7 Km.

Praia da Lagoinha

A Praia da Lagoinha tem areia compacta, e água cristalina, propícia às atividades náuticas, caminhadas, lazer, contemplação, e ainda oferece em alguns pontos próximo a Praia do Sapê, formação de ondas apreciadas pelos surfistas. Suas águas por vezes azuis, por vezes verdes, se juntam em seu canto esquerdo à foz do Rio Lagoinha, próximo a costeira.

Praia da Lagoinha

Da Praia da Lagoinha podemos avistar a Ilha do Pontal da Maranduba, o Castelo dos Arautos, as Praias do Pulso e da Caçandoca (reduto Quilombola). Nas costas da praia, em direção à montanha, é possível ver o pico mais alto do litoral paulista, o Pico do Corcovado (com 1.150 metros), que impera imponente, com seu paredão de granito verde Ubatuba, guardando mistérios e belezas da historia indígena.

Normalmente frequentada por famílias, que procuram um local menos agitado, é também uma área residencial, com diversos condomínios de casas e um número pequeno de comércios, o que evita grandes aglomerações e mantém a Praia da Lagoinha limpa, sem o agito excessivo que é atraído por áreas mais comerciais.

Pensando na acessibilidade e na responsabilidade social, a Praia da Lagoinha é uma das poucas, utilizada facilmente por deficientes, principalmente cadeirantes, já que a areia é bem compactada e existe lugar de embarque e desembarque de pessoal, além de pescados e mercadorias.

Praia da Lagoinha

Como a Praia da Lagoinha está localizada ao lado da Praia da Maranduba, que conta com bares, quiosques, restaurantes, farmácias, padarias e mercados, é possível aproveitar a tranquilidade da Lagoinha, e a infraestrutura oferecida pela Maranduba.

É recomendado visitar as Ruínas da Lagoinha (do outro lado da rodovia), e os pilares da primeira Fábrica de Vidros do Brasil (datada do século XVIII), logo na entrada do condomínio, pontos históricos da época colonial. Aproveite também os passeios de barco que normalmente, saem da foz do Rio Lagoinha e uma dica adicional, é conhecer a Cachoeira Véu da Noiva, cujo percurso é feito por trilha de 30 minutos, que se inicia ao lado das Ruínas da Lagoinha.

No canto esquerdo da praia, atravessando o Rio Lagoinha, temos um local ideal para mergulho livre (snorkeling), principalmente próximo a costeira. Neste ponto, também se inicia a Trilha das 7 Praias, que contempla a passagem por 7 praias além da Lagoinha como ponto de partida: Oeste, Peres, Bonete, Praia Grande do Bonete, Cedro do Sul, Praia Deserta e da Fortaleza.

O nome Lagoinha se deve, por causa da barra do rio que lá deságua que era bem larga, formando uma pequena lagoa. No passado existia criações de bovinos nas fazendas da região (Fazendas do Mar Virado e da Ruína) e como o lugar era praticamente deserto, as vacas e bois passeavam tranquilamente pela praia.