Igreja Matriz – Exaltação da Santa Cruz

A Igreja Matriz de Ubatuba Exaltação da Santa Cruz, localizada no Centro da Cidade, é patrimônio histórico de Ubatuba, tem o altar na forma de barco em homenagem a São Pedro Pescador e realiza como evento principal a Festa do Divino Espírito Santo.

Igreja Matriz - Ubatuba

Atualmente Frei Gastone Pozzobon é o pároco, levando para frente 26 pastorais, 4 movimentos e a paróquia está compromissada com a construção de duas grandes obras: o Salão Paroquial da Igreja São Francisco e a Igreja Nossa Senhora de Fátima no bairro do Ipiranguinha.

No coreto da praça em frente a igreja. normalmente aos domingos após a missa da noite, a Banda Lira Padre Anchieta se apresenta, e vale a pena também experimentar a pipoca com queijo, servida nos carrinhos locais.

Igreja Matriz Exaltação da Santa Cruz

História
A primeira Igreja Matriz de Ubatuba, dedicada a Nossa Senhora da Conceição, localizava-se onde hoje se encontra o cruzamento das ruas Conceição e Salvador Correa, correspondendo aos fundos da Câmara Municipal. Por ser pequena e achar-se em mau estado de conservação, providenciou-se a construção de uma nova Matriz, a atual, em melhor localização, de maiores dimensões e nova arquitetura. Isso se deu na segunda metade do Século XVIII, de fato em Ofício de 09 de março de 1790 o Secretário do Governo da então Província de São Paulo, dirigiu-se ao Capitão Mor da Vila de Ubatuba, autorizando “a cobrar subsídios para a construção da nova Matriz” (Apontamento do Arquivo do Estado).

Somente em 1835 a matriz iniciou sua construção, e as obras prosseguiram em moroso andamento, enfrentando a decadência do município, as dificuldades da época e a grandiosidade do templo. Somente em 1866 foi acabada a fachada, como se pode conferir no alto da porta principal, num gradil de ferro. Até 1913 muita coisa ainda estava por fazer, exteriormente apenas a fachada era rebocada, a nave (ala central da igreja) apresentava acabamento razoável, enquanto da capela-mor só existia o arcabouço, as paredes estavam sem reboco, os telhados sem forro, e o piso era chão bruto.

Atualmente a Igreja tem apenas uma torre, construída entre 1885-1890, o que lhe dá a característica de inacabada, e nela, havia um relógio de amplas dimensões, que por muitos anos marcou a hora oficial da cidade.

Fonte: http://www.ubaweb.com/ubatuba/historia/index_his_masc.php?hist=escruz